1 Prefácio

Os profissionais de saúde devem conhecer os princípios básicos de estatística para planejar a realização de estudos, interpretar estatísticas vitais, dados epidemiológicos e resultados de estudos publicados na literatura científica, interagir com estatísticos, etc. Inúmeros textos voltados para o público da área de saúde, que abordam os conceitos básicos de estatística, estão disponíveis. Diversos deles possuem excelente conteúdo e adotam uma abordagem didática. Então cabe a pergunta: por que mais um texto sobre estatística?

Após alguns anos ensinando estatística básica para alunos da pós-graduação em Medicina, percebi a necessidade de tornar as aulas mais atraentes por meio da combinação de teoria e prática, fazendo uso de um pacote estatístico para aplicar os conceitos teóricos em dados reais. Além disso, diversos conceitos básicos em bioestatística, como intervalo de confiança, teorema do limite central, curva ROC, etc., podem ser ilustrados por meio de aplicações, onde o aluno pode visualizar o conceito interagindo com um aplicativo.

O presente texto vem sendo desenvolvido nos últimos dois anos, por ocasião da reforma curricular do curso de Medicina da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a qual estabeleceu uma carga horária de 60 horas para o ensino dos conceitos básicos de estatística. Este texto combina a apresentação dos conceitos básicos de estatística com um mínimo de expressões matemáticas com o uso do ambiente para análise de dados R e aplicativos que permitem ao leitor interagir com os mesmos, alterando parâmetros e verificando a resposta.

A opção pela adoção do R se justifica pelo fato de sua disponibilização como código aberto (open source), por sua ampla utilização em nível mundial, pelo constante aperfeiçoamento de seus pacotes e constante surgimento de novos pacotes. Apesar de sua utilização por meio de linhas de comando amedrontar alunos e profissionais da área de saúde, com pouca familiaridade com programação de computadores, este texto utiliza principalmente um pacote do R que oferece uma interface gráfica para as funcionalidades e análises estatísticas mais utilizadas. O texto ilustra o passo a passo de como utilizar o R Commander, e eventualmente o R Studio, para realizar as operações no R, seguida de uma explicação do comando gerado a partir da interface gráfica. Em algumas situações, nas quais o R Commander não dispõe de recursos, o texto mostra como escrever um comando que realizar a função desejada.

Além do R, ao longo do texto são inseridas cerca de trinta aplicações, desenvolvidas por meio do pacote shiny do R, que ilustra diversos conceitos básicos de estatística. Espera-se que, com estas aplicações, o aluno possa apreender de maneira mais efetiva os conceitos abordados.

Para quem deseja aprofundar os conhecimentos do R, o texto disponível no endereço http://www.lampada.uerj.br/arquivosdb/_book2/introducaoR.html mostra como utilizar o R Studio e R Commander para manipular um arquivo de dados, criar gráficos, gerenciar uma sessão e obter um conhecimento básico sobre funções e estruturas de controle do R.

Para o aluno que entra em contato pela primeira vez com um conteúdo de estatística, recomenda-se que os capítulos sejam lido na ordem apresentada. As seções marcadas em negrito podem ser omitidas numa primeira leitura do texto, sem perda de continuidade.

Sergio Miranda Freire, Rio de Janeiro

Licença Creative Commons
Exceto onde indicado, esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.